CORAGEM, TENACIDADE E FÉ

 

Numa carreira que já não é curta e na qual face às vicissitudes da vida venho desempenhando alguns cargos de grande responsabilidade, a manifestação de simpatia e amizade, de consideração e apreço, de homenagem, que mais profundamente me tocou, recebi-a em 21 de Julho de 1972.

Foi ela:

"AO COMANDANTE-CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS EM MOÇAMBIQUE, GENERAL KAÚLZA DE ARRIAGA, SÍMBOLO DA CORAGEM, DA TENACIDADE E DA FÉ. HOMENAGEM DOS CAVALEIROS DO BATALHÃO DE CAVALARIA 2923, NO DIA DA CARGA DE MACONTENE".

E desde então, no anseio de a merecer, adoptei os conceitos nela expressos como a minha divisa pessoal.

 

Agosto de 1972

KAÚLZA DE ARRIAGA